Governo do Estado deverá decretar nos próximos dias medidas mais rigorosas de isolamento para Cabedelo

Os prefeitos Luciano Cartaxo (PV-João Pessoa), Vitor Hugo (DEM-Cabedelo), Jefferson Kita (PSB-Bayeux), Emerson Panta (PSDB-Santa Rita), e Márcia Lucena (PSB-Conde) estiveram reunidos nesta quarta-feira (28) com o governador João Azevedo através de videoconferência. O objetivo do encontro foi debater sobre medidas mais rígidas de isolamento para combater o avanço do coronavírus nas respectivas cidades após o aumento significativo no número de casos e óbitos provocados pela covid-19.

  Além de medidas mais rigorosas, o governador e os prefeitos também discutiram sobre a possibilidade de retomada gradual das atividades. O resultado da reunião foi informado à sociedade através de uma nota conjunta assinada pelo governador e os prefeitos.

O último decreto com as medidas restritivas têm validade até o próximo domingo (31) e o novo decreto deve ser publicado até o final desta semana, passando a valer a partir de 1º de junho. Segundo a nota conjunta, o próximo decreto estadual deve trazer a primeira versão do plano de retomada gradual da atividade econômica.

A Paraíba passou a marca de 10 mil casos confirmados de coronavírus, com quase 300 mortes. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES), atualizados nessa quarta-feira (27). Cerca de 80% dos casos estão na Grande João Pessoa. A linha que mostra a quantidade de contaminações segue subindo, sem curva para baixo, principalmente em Cabedelo.

Ainda de acordo com a nota conjunta assinada pelos gestores das cidades e do Estado, a flexibilização gradual da atividade econômica será adotada de acordo com a evolução do quadro em cada Município, em datas que serão oportunamente anunciadas.

As prefeituras terão autonomia para fazer essa flexibilização, observando todas as recomendações apontadas em cada fase do plano estadual de retomada, assim como os seus respectivos impactos sobre o controle da crise de saúde, assegurando a progressiva superação da mesma.

Cabedelo segue na contramão das orientações das autoridades de saúde

A cidade de Cabedelo vem assustando as autoridades de saúde do Estado com o avanço considerável de casos positivos da covid-19. Apenas nos dias 26 e 27 houve um aumento de 216 casos no município que já possui mais de 520 casos, ultrapassando de longe as cidades de Bayeux e Conde e praticamente empatada com a cidade de Santa Rita, municípios cujo número de habitantes é consideravelmente maior.

Mesmo com todos estes dados, o município decretou recentemente a reabertura de áreas de visitação pública como praias e praças, mesmo com restrições.

A redação tentou falar com o prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo e o secretário de saúde, Murilo Suassuna para saber porque o município decidiu andar na contramão das orientações dos órgãos superiores de saúde. No momento em que os casos confirmados de covid-19 se multiplicam, Cabedelo decide por reabrir os espaços públicos e se posiciona contrário ao isolamento rigoroso na cidade. Até o fechamento desta matéria não tínhamos recebido retorno.

Do Soltando O Verbo

Imagem: SECOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *