LUTO: Morre em João Pessoa, ex-primeira dama Lúcia Braga

Lúcia Braga foi a primeira mulher da Paraíba eleita deputada federal em 1986.

Faleceu na tarde desa sexta-feira (08), Lúcia Braga, ex-primeira-dama da Paraíba. Antônia Lúcia Navarro Braga tinha 85 anos e estava internada em um hospital particular de João Pessoa com o marido, o ex-governador Wilson Braga, desde o início do mês, ambos com sintomas suspeitos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, mas após ser submetidos ao teste, tiveram o diagnóstico descartado para o patógeno.

De acordo com informações circuladas nas redes sociais por assessores da família, a ex-primeira teria morrido por conta de complicações de infecção urinária e sérios problemas respiratórios, os quais Lúcia já sofria e que vieram a se agravar gerando um quadro grave de pneumonia.

Filha de João Navarro Filho e Maria Augusta de Toledo Navarro. Formada em Serviço Social em 1959 pela Universidade Federal da Paraíba e em Direito em 1973 pela Associação de Ensino Unificado do Distrito Federal trabalhou no Serviço Social da Indústria e no Instituto Nacional da Previdência Social (INPS) durante sua estadia em João Pessoa até ser nomeada para uma assessoria na Câmara dos Deputados por indicação de seu marido, Wilson Braga, que após eleger-se governador da Paraíba em 1982 nomeou-a presidente da Fundação Social do Trabalho em João Pessoa.

Filiada ao PFL foi eleita deputada federal em 1986 e compôs a bancada feminina e participou da Assembleia Nacional Constituinte que elaborou a Constituição de 1988 e naquele mesmo ano transferiu-se para o PDT pelo qual foi reeleita em 1990 votando a favor do impeachment de Fernando Collor em 1992 embora tenha perdido as eleições para o governo da Paraíba em 1994 e para a prefeitura de João Pessoa em 1996 filiando-se nos anos seguintes ao PSB e PSL pelo qual foi eleita deputada estadual em 1998 disputando sua última eleição em 2002 quando foi eleita deputada federal pelo PSD.

Lúcia Braga foi a primeira mulher da Paraíba eleita deputada federal em 1986. Na Câmara Federal, atuou de 1987 a 1995 e de 2003 a 2007 e ainda foi eleita deputada estadual em 1998.

Ao unir sua carreira profissional como Assistente Social com a política, ajudou juntamente com o então governador Wilaon Braga a implantar diversas ações sociais em todo o Estado, o que lhe rendeu o carinhoso agnome de “A Mãe dos Pobres”.

Sua morte foi destaque em dezenas de jornais e sites de notícias do pais inteiro, como reconhecimento da sua importância para a política paraibana e brasileira.

Do Soltando O Verbo

Imagem da internet

One thought on “LUTO: Morre em João Pessoa, ex-primeira dama Lúcia Braga”

  1. A “Dama do Povo!” assim sempre foi Lúcia Braga. Uma das mulheres mais gentis e carismáticas que tive a oportunidade de conhecer.
    Lúcia Braga, mulher guerreira, teu legado jamais será esquecido por todos que tiveram o privilégio de conviver ao teu lado.
    Faça sua partida com a certeza do dever cumprido, e que Deus conforte toda a família.

    Deixo aqui os meus mais sinceros pêsames.

    Wagner Mendonça e família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *