CALOTE? Comerciantes da Praia do Jacaré denunciam ter sido enganados pelo prefeito

Vários artesãos e comerciantes da Praia do Jacaré, em Cabedelo, cidade da região metropolitana de João Pessoa entraram em contato com o Soltando O Verbo denunciando a prefeitura de Cabedelo de ludibriar os comerciantes.

De acordo com os artesãos, muitos deles trabalham na Praia do Jacaré há mais de 15 anos e agora, correm o risco de ficarem sem ter como trabalhar no local.

Ainda segundo os artesãos, o prefeito Vitor Hugo havia empenhando sua palavra ao prometer aos comerciantes o direito de voltar a usar os boxes tão logo as obras de reforma do local fossem concluídas.

Ocorre que o prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, lançou um edital que pode deixar de fora famílias quem trabalham no Jacaré há mais de 15 anos. Eles pedem que o prefeito anule a publicação do edital e honre com a promessa feita em respeito às suas histórias de vida, mesmo alguns não morando no município. Outros alegam que trabalham há muitos anos no local, mas que não têm condições de participar de um edital por serem semianalfabetos e pedem que o prefeito se sensibilize com a causa.

Para os comerciantes, a última sessão especial realizada na Câmara Municipal de Cabedelo para debates sobre a situação, foi interrompida e encerrada antes que pudessem chegar a uma solução. Os artesãos ainda repudiaram a forma como os vereadores tratou o assunto ignorando a reivindicação dos artesãos.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura de Cabedelo para saber a versão do prefeito, porém, tudo que nos informaram foi que os comerciantes haviam entrado com uma ação na justiça no dia 04 de novembro contra a decisão da prefeitura e que esta estava aguardando a decisão judicial.

Do Soltando O Verbo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *