CABEDELO DE LUTO: Morre ex-prefeito de Cabedelo Zé Régis, durante cirurgia cardíaca

Morreu no início da tarde desta terça-feira (16) no Memorial São Francisco, o ex-prefeito de Cabedelo , Zé Régis. José Francisco Régis, de 73 anos, sentiu-se mal na manhã do último dia 5 quando foi encaminhado ao hospital Padre Alfredo Barbosa, na cidade portuária, com sintomas de infarto. Em seguida, o ex-prefeito foi encaminhado às pressas por uma equipe para o Hospital Samaritano, na Capital onde foi submetido a duas cirurgias que foram bem-sucedidas.

O ex-prefeito José Régis com a filha, a vereadora Fabiana Régis, momentos antes da cirurgia

Se recuperando de forma exitosa, Zé Régis, como era carinhosamente conhecido na cidade, havia agendado para esta terça-feira (16) uma nova cirurgia para a colocação de um marca-passo quando sofreu complicações e veio a óbito.

De acordo com informações da assessoria da vereadora e filha do ex-prefeito, Fabiana Régis, Zé Régis estava bem e já havia programado a cirurgia para esta terça-feira. “A família estava tranquila e esperava confiante que o procedimento cirúrgico iria sair bem”, disse a assessora.

O corpo do ex-prefeito ainda está no hospital Memorial São Francisco, onde foi realizada a cirurgia. O local e horário do velório e do sepultamento ainda não foram divulgados pela família.

O prefeito de Cabedelo Vitor Hugo, usou suas redes sociais para expressar pesar e decretar Luto Oficial por três dias.

José Francisco Régis era natural de Cabedelo e foi prefeito da cidade por três mandatos. Começou sua carreira política como Chefe de Gabinete do então prefeito Sebastião Plácido de Almeida, quando no fim do seu mandato foi indicado por Plácido para sair candidato a prefeito em 1992, sendo eleito com expressiva votação e reeleito no pleito seguinte em 1996.

Parceria e crise com Sebastião Plácido

Logo após eleito, Zé Régis e o ex-prefeito Sebastião Plácido iniciaram uma série de desentendimentos políticos, que resultou em um duradouro rompimento, aparentemente solucionado quando Régis voltou a ser reeleito tendo Plácido como Vice com 50,03% dos votos válidos, derrotando Luceninha, que teve 46,69% dos votos válidos.

Passava por sérios problemas com a justiça respondendo a diversos processos oriundo de suas gestões.

No final do ano passado, iniciou ao processo de cumprimento de pena no fórum da cidade. Zé Régis foi condenado por improbidade administrativa e teve a pena revertida em prestação de serviços na AMEM (Asilo de Idosos), e prestação pecuniária no valor de R$ 48.000,00 parcelado em 20 vezes, em favor da mesma instituição.

Durante seu mandato, realizou obras relevantes e algumas vultuosas, como a reforma do Mercado Público Municipal, considerado moderno e de arquitetura referência no Estado. Pessoa humilde, era comum encontra-lo nas ruas da cidade e na feira livre do município, onde revia e cumprimentava amigos e eleitores.

Da Redação/Wellington Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *