Lanchonetes que usarem canudos de plástico em Cabedelo serão multadas

Numa cidade onde não exite turismo usar canudos de plástico em estabelecimentos comerciais virou crime. É que a utilização de canudos de plásticos em bares, restaurantes, lanchonetes ou barracas de praia na cidade de Cabedelo está proibida, de acordo com nova lei sancionada recentemente pelo prefeito interino da cidade, Victor Hugo. Segundo a lei, a partir de agora, os estabelecimentos comerciais devem fornecer aos consumidores canudos biodegradáveis ou recicláveis embalados individualmente com material semelhante.

A proibição dos canudos de plástico já começa a vigorar em período educativo, dando espaço de tempo para os comerciantes efetivarem a substituição gradual dos canudos.

O projeto de lei, de autoria do vereador Evilásio Cavalcanti, havia sido aprovado pela Câmara Municipal e foi sancionado. Depois do período educativo, que deve vigorar até o fim de 2018, os estabelecimentos que não disponibilizarem os canudos biodegradáveis estão sujeitos ao pagamento de multa de até R$ 3 mil, chegando a R$ 6 mil em caso de reincidência.

Apesar de a lei estar em período educativo, muitos comerciantes da cidade já recolheram todos os canudos de seus estabelecimentos, temendo que, com a aplicação da multa, seu dinheiro “desça canudo abaixo”.

 

 

Da Redação com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *