ex-governador José Maranhão

Quem pensava que o ex-governador José Maranhão (PMDB) tem data para deixar a vida pública, enganou-se. O cacique peemedebista, que revelou já estar com 75 anos de idade e um currículo invejável, assegurou que a não pensa em deixar a vida pública ‘nem tão cedo’.

Apesar da idade, Maranhão deixou claro que não está cansado e citou até um provérbio ‘texano’ para ratificar a disposição de viver os seus últimos dias de vida trabalhando em prol da população do Estado.

“Não me sinto cansado. Vou morrer dentro das botas, com ou sem mandato vou ficar na política porque acho que ainda tenho muito a contribuir com o povo”. Maranhão destacou ainda que não se programou para deixar a vida pública e descartou datas ou prazos quando o assunto é 2014 ou 2016 para ‘pendurar as chuteiras’.

“Eu não me programei para deixar a vida pública porque eu me sinto bem na vida pública e na política. Não tenho inimigos e sim adversários políticos. Ao longo desses anos só constitui amigos”, disse.

O mestre de obras lembrou inclusive a vivencia diária que tem com a população paraibana, relatando que se sente bem quando visita um local público e as pessoas o cumprimentam e tiram fotos ao seu lado.

“Pra você ter uma idéia, às vezes vou a um Shopping e o que eu poderia fazer em 10 minutos, faço em pouco mais de duas horas, pois sempre sou lembrado e é bom ter esse carinho da população. Significa que nosso trabalho foi reconhecido”, destacou.

A entrevista do ex-governador foi veiculada ontem, no programa Conexão Arapuan.

Márcia Dias